Um tostão pelo seu pensamento

Um tostão pelo seu pensamento

Texto de Barbara Lamp

Cientistas estimam que uma pessoa possa ter 40.000 pensamentos por dia. Às vezes nossos pensamentos tomam conta de nosso comportamento, nossos relacionamentos e nosso potencial de crescer espiritualmente. Quantos desses pensamentos valem um tostão? E quantos desses pensamentos não seriam revelados para outras pessoas nem que paguem milhões de reais.

Quando começamos nossa nova vida com Jesus nossa mente pode e deve ser renovada. Mas muitas vezes é o último esconderijo resistindo um quebrantamento. Pode parecer mais fácil fingir uma vitória ainda não experimentada em cheio. No entanto sabemos que não há nada encoberto para Deus.

A Bíblia é clara na necessidade de cuidar de nossa mente. Mateus aconselha que evitemos preocupações da vida (6.25-34), o julgamento de outros (7.1-2) e a maldade nos pensamentos (15.18-20). Paulo escreve do perigo de deixar o inimigo corromper a mente pelo engano (2 Coríntios 11.3) e que a mentalidade da carne é inimiga de Deus (Romanos 8.6).

Nossa maneira de pensar influencia nosso comportamento. Se quisermos um quebrantamento e uma nova força para responder às necessidades de outras pessoas, precisamos ser transformados pela renovação de nossa mente (Romanos 12.2). Deus nos oferece em Jesus a escolha de viver na verdade. Pode despir-se do velho homem e ser renovado no modo de pensar (Efésios 4.20-24). A mente quebrantada é uma mente que se preocupa com as necessidades dos outros porque somos criados para ser semelhantes a Deus em justiça.

  • Alguns passos práticos na direção de quebrantamento e renovação da sua mente:
  • Aprenda a parar e observar seus próprios pensamentos. Às vezes uma gravação roda nos fundos e seria melhor apagá-la. Ódio, ira e egoísmo estão entre as obras da carne mencionadas em Gálatas capítulo cinco. Podemos levar “cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo” (2 Coríntios 10.5).
  • Não continue vivendo no passado. O perdão das ofensas de outros e o esquecimento dos nossos próprios pecados abrem espaço a viver no dia de hoje. Procure lembrar somente as coisas que dão esperança (Lamentações 3.21).
  • Não deixar-se ser controlado pelo medo. Elizabeth George acertou em dizer, “O medo está enraizado em pensamentos sobre coisas que não são reais.” Filipenses 4.8 nos exorta pensar no que for verdadeiro.
  • Esteja sensível a voz de Deus e o poder da Sua Palavra. Deixe a palavra de Deus “julgar seus pensamentos” (Hebreus 4.12).
  • Procure ser honesto com você mesmo e também com um grupo pequeno ou um mentor. Uma auto avaliação frequente e prestação de contas ajudam na renovação de nossos pensamentos (Hebreus 3.13).
  • Uma mente vazia é oficina do diabo. Procure encher sua cabeça com pensamentos de Deus (Colossenses 3.2). Esteja memorizando e meditando na palavra. A pessoa de Salmo 1 que medita na lei do Senhor é como árvore plantada à beira de águas correntes que dá fruto no tempo certo.

É verdade que os pensamentos de Deus são mais altos que os nossos (Isaías 55.9), porém pelo Espírito de Deus, temos a mente de Cristo (1 Coríntios 2.16).

  1. Qual versículo sobre a mente fala mais para você?
  2. Quando você tem pensamentos sem valor, de autocritica excessiva ou que você não gostaria de revelar a ninguém como pode modificar esses pensamentos?
  3. Qual dos seis passos práticos pode você aplicar na sua vida nesta semana?

Imagem: Freeimage

Categorias: Artigos, BLOG SEPAL