Curso em Portugal: Princípios de Comunicação Intercultural

Curso em Portugal: Princípios de Comunicação Intercultural

As igrejas de Portugal estão cheias de membros de outras culturas com diferentes hábitos, prática e mentalidades. Este curso fornece aos seus participantes os recursos para compreender e navegar em contextos interculturais tanto na igreja como fora.

Princípios de comunicação intercultural para cristãos

Independentemente de ter 30 anos ou 3 meses de vivência fora da sua cultura natural, a deslocação para um novo país tem efeitos profundos na nossa vida de forma espiritual, mental e até física. Um curso em comunicação intercultural pode dar sentido às experiências pessoais ou até como participante, poderá ajudar outros a lidar com seus próprios desafios. Este curso terá somente um dia e meio. E é, como diz o seu título, um princípio, um início de uma viagem de autoconhecimento cultural. Irão focar também em alguns aspectos culturais na Bíblia, discutindo como a cultura afeta a forma de ler a Bíblia e a forma como o evangelho é entendido. O conceito de cosmovisões será bem explorado, sobre como elas influenciam até a forma de “fazer igreja”.

Para quem é este curso?

– Missionários e obreiros cristãos estrangeiros que estão em outro país;
– Missionários e seminaristas em formação;
– Missionários de curto ou longo prazo;
– Pastores e líderes com membros estrangeiros em suas igrejas;
– Qualquer pessoa a trabalhar num ministério ou contexto intercultural;
– Brasileiros chegados em Portugal;
– Portugueses retornando para viver em Portugal;
– Profissionais que trabalham com equipes internacionais (fora ou dentro de país);
– Interessados.

O que é distinto neste curso?

O curso é realizado duas vezes por ano na Universidade de Porto, mas sem qualquer foco na parte cristã que poderá interessar o público alvo. A base de 80% do conteúdo é idêntica ao curso realizado no contexto secular.
Alguns aspectos que serão abordados no curso:
– Dimensões Culturais (Hall/Hofstede/Trompenaars)
– Modelo CQ de Inteligência cultural de David Livermore
– The Culture Map, Relitividade Cultural – Erin Meyer

Simulação – (jogo de cartas)
– Jogo de cartas competitivo
– Debrief do “jogo”

Cosmovisões Culturais (Ideias Bíblicas)

– Culpa vs. inocência
– Honra vs. vergonha
– Poder vs. medo

Quantas vezes lemos histórias na Bíblia e interpretamos com as nossas “lentes” culturais? Esta sessão mostra como as nossas interpretações são, frequentemente, tendenciosas e incompletas.
Como é entendido o plano da salvação em culturas diferentes?
Algumas ideias sobre o tema foram tiradas do livro 3D Gospel, de Jayson Georges, que trazem pensamentos sobre quando se é estrangeiro em outro lugar, como:
Ser estranho numa terra estranha;
Nunca mais se encaixar em lugar nenhum;
Adaptar-se às novas culturas;
A sensação de “igual, mas diferente”;
Planejar-se para o pior, esperando o melhor;

Nessa mesma narrativa de viver em outro ambiente que não seja o seu, o choque cultural é esperado e o curso trará maneiras de identificar essa fase:
– O que é o choque cultural?
– Sinais e sintomas do choque cultural;
– Fases de adaptação;
– Preparando-se para o choque cultural ao inverso (regresso à casa);

O curso Princípios de Comunicação Intercultural será ministrado nas instalações da CONFHIC, situado à Rua Madre Clara, nº 1. Linda-a-Pastora 2790-379 QUEIJAS. Serão utilizadas diversas formas de partilhar os conteúdos com exposição direta, discussão em grupo, partilha em grupo, jogos e dinâmicas e mais. O curso será dado em português e eventualmente pode haver alguma bibliografia ou recurso em inglês, mas o curso está concebido para quem não tem conhecimentos de inglês.

Informações adicionais

O curso terá o custo de €50 e inclui as refeições durante a formação. É importante levar caneta, notebook e Bíblia. Qualquer dúvida, entre em contato pelo email: geral@membercareportugal.pt ou com o missionário Rubens Luz pelo telefone: 934 773 111.

Sobre o missionário

Em 1984, Rubens Luz saiu de sua terra e foi viver dois anos no navio Doulos da OM. Ele tinha 18 anos e teve que aprender a trabalhar com os 350 tripulantes de mais de 40 países. Foi uma experiência marcante para o missionário e o ensinou a trabalhar com qualquer pessoa de qualquer contexto cultural. Nos últimos 29 anos em Portugal, ele continuou a trabalhar em contextos interculturais e se formou em Knowledgeworkx (Dubai) e N-Cultural (EUA), com quem continua a colaborar. Entre 2010 e 2016, Rubens foi diretor da OM Portugal, e, durante esse tempo, deu formação da Knowledgeworkx na OM da Grã Bretanha, Ucrânia, Bélgica e África do Sul. Em 2015, foi convidado pelos professores de Comunicação Intercultural a partilhar nas suas aulas e estes mesmos professores o desafiaram a criar um curso de Princípios de Comunicação Intercultural pelo departamento de Formação Contínua da Universidade do Porto. Assim, em 2016, o curso teve início. Na MemberCare Portugal, ele ministra este curso para missionários, obreiros e crentes.


Texto: Missionários
Revisão: Isabel Amorim