Grã-Bretanha comissiona revisão da perseguição cristã em todo o mundo

Grã-Bretanha comissiona revisão da perseguição cristã em todo o mundo

LONDRES (Reuters) – A Grã-Bretanha encomendou uma revisão independente da perseguição aos cristãos para encontrar medidas práticas que apoiem ​​os seguidores de uma religião que, como se tem dito, está sujeita a um aumento dramático da violência em todo o mundo.

Cerca de 215 milhões de cristãos em todo o mundo enfrentaram perseguição por sua fé no ano passado, disseram eles, com mulheres e crianças cristãs particularmente vulneráveis ​​e frequentemente sujeitas à violência sexual como resultado de suas crenças.

Sinal de alerta

No ano passado, em média, 250 cristãos foram mortos por mês por causa de sua fé.

“Muitas vezes, a perseguição dos cristãos é um sinal de alerta precoce da perseguição de todas as minorias”, disse o ministro das Relações Exteriores, Jeremy Hunt, em um comunicado na quarta-feira.

“Hoje pedi ao bispo de Truro que analisasse como o governo britânico pode responder melhor ao sofrimento dos cristãos perseguidos em todo o mundo.

“Podemos e devemos fazer mais.”

A revisão mapeará a perseguição cristã nos principais países do Oriente Médio, África e Ásia, analisará o apoio britânico e recomendará uma resposta política abrangente, disse o governo.


Reportagem de Paul Sandle
Imagem: foto montagem