Tailândia – Adriano e Fabiana Araújo (Abril 2018)

Tailândia – Adriano e Fabiana Araújo (Abril 2018)

Todos os que creram pensavam e sentiam do mesmo modo. Ninguém dizia que as coisas que possuía eram somente suas, mas todos repartiam uns com os outros tudo o que tinham”. Atos 4:32 (NTLH)

A casa em que mora os missionários Adriano, Fabiana e seus filhos, Davi e Lucas, além da residência da família, é também local para diversas atividades, como aconselhamentos, estudos, celebrações e reuniões da igreja. As reuniões da igreja começaram há 3 anos e inicialmente aconteciam uma vez por mês, depois a cada 15 dias e no último ano os cultos passaram a acontecer todos os domingos.

Desde 2014. pessoas de diferentes lugares e nacionalidades também se hospedam na casa. Desde 2014, aos finais de semana é a casa do seminarista e futuro pastor da igreja, sua esposa e filhas. De sexta-feira a domingo, Davi e Lucas (filhos de Adriano e Fabiana) disponibilizam o quarto para mais uma pessoa, que nos últimos 8 meses tem os apoiado, a seminarista Muk.

A garagem e sala da casa servem como locais para ensinar inglês para as crianças da comunidade, encontros e atividades para as crianças e pais da academia de futebol e atividades de evangelismo, como por exemplo, a celebração do Natal, que no último ano reuniu cerca de 220 pessoas.

Durante esses anos, aprendemos a dividir o arroz, a pasta de dentes, os ovos, a geladeira, os brinquedos, o espaço, a cama, o tempo… Vivemos esse privilégio e desafio em meio a stress, dor, alegrias, desconforto…, contudo, nos alegra ver que pessoas se interessam por Jesus e algumas são alcançadas pelo amor de Deus”. Adriano Araújo

Os missionários na Tailândia estão diante de uma nova fase de trabalho. Após um longo período de oração, finalmente conseguiram alugar um local para funcionar como igreja, substituindo pela casa da família, além de servir também como residência para a família do pastor Bancha, que atualmente mora aos finais de semana na casa de Adriano e Fabiana. O prédio tem 4 andares e fica em uma das ruas principais do distrito onde moram os missionários. O contrato de aluguel tem duração de três anos.

Há 17 anos algo semelhante aconteceu, quando a igeja mãe no Norte de Bangcoc começou a funcionar. Hoje, os membros participam do Projteo de Plantação da igreja na província onde estão os missionários.

Já na igreja onde a família serve, as pessoas estão bastante animadas. Participaram de todo o processo de oração, procura e escolha do prédio. Entre os desafios para sustentar o novo prédio, aluguel, água e luz, os irmão também precisam mobiliar o local. Inicialmente, alguns objetos da família serão divididos, outros realmente precisarão ser comprados.

Oremos para que Deus no seu tempo, por meio do seu povo, supra as necessidades da sua igreja.


Textos: missionários
Edição: Edna Ramos
Diagramação: Paulo Ribeiro