Moçambique – Tiago e Suzana Silva (setembro 2017)

Moçambique – Tiago e Suzana Silva (setembro 2017)

Já se passaram cinco meses em Moçambique e um ano que a família Alves partiu do Brasil para o Continente Africano! Muitos sonhos ministeriais Deus têm plantado no coração deste casal de missionários.

No segundo mês de estada em Moçambique, Tiago e Suzana iniciaram uma pesquisa entre igrejas e pastores, foram mais de 30 reuniões com pastores, visitas a igrejas projetos e seminários. Foram mais de 20.000 km rodados.

A pesquisa teve como principal objetivo, conhecer a realidade da liderança moçambicana, sob a perspectiva dos próprios pastores e líderes.
Entre os principais dados pesquisados, informações como nível de estudo, se cursou seminário, ou não, principais dificuldades do ministério e percepção sobre cursos e seminários de capacitação no país. Também foi perguntado aos pastores, sobre as dificuldades no preparo da liderança, se a igreja praticava alguma forma de estudo bíblico, como por exemplo, Escola Bíblica. Quais eram os cursos de interesse para melhor preparo.

Algumas constatações da pesquisa é que muitos não tiveram a oportunidade de cursarem um seminário e a maioria não pode se dedicar integralmente ao ministério, já que precisam sustentar suas famílias e a igreja não consegue arcar com 100% do sustento. A outra dificuldade é ir à cidade para estudar, já que na região não tem transporte público.

Foi por meio desta pesquisa que o casal pode compreender necessidades como, ter um seminário fora da cidade, de tempo integral, que além do curso teológico, ofereça também cursos profissionalizantes, considerando o fato de que nesta realidade, o pastor precisa ter um trabalho complementar, capacitação de pastores para escola bíblica, ministério com crianças, muitas igrejas não realizam nenhum trabalho dirigido às crianças, este se tornou um alvo possível e um sonho do casal para o futuro.

Tiago  ministra aulas de Teologia do Novo Testamento e Angeologia em dois seminários,  três vezes durante a semana, também está discipulando três jovens plantadores de igrejas autóctones.

Na igreja que fazem parte, tem um seminário que foi desenvolvido por missionários Sepal. Com a chegada do casal, estão somando forças ao trabalho já existente, contribuindo na reformulação da proposta pedagógica para alunos e professores, e trabalhando no planejamento de novos cursos de teologia e desafios contemporâneos para igreja. O Tiago tem ajudado o pastor no plano de plantação de mais duas novas igrejas, discipulando os futuros pastores. O local onde a igreja está é uma das regiões mais carentes de Maputo e fica há duas horas do centro da cidade.

O casal tem entendido ser mais estratégico morar mais próximo da região, este é um dos planos para o início de 2018 e já começaram a se mobilizar neste sentido, Deus tem aberto algumas importantes “portas”.

Um dos alvos do primeiro semestre de 2018, é a busca por uma parceria que traga ao seminário, reconhecimento institucional. O local é estratégico, já que está fora do centro da cidade, no meio de bairros populosos e com muitas igrejas em que seus pastores têm pouca, ou nenhuma formação.

A Alfabetização é também uma das preocupações dos missionários. Em parceria com a igreja que o casal faz parte, iniciarão no segundo semestre de 2018, uma escola de 1ª  a 5ª série. A igreja já tem um programa social e atendem 190 crianças de 5 a 14 anos. A escola terá como objetivos principais, contribuir para o desenvolvimento social do país e propiciar meios para alcançar as famílias, por meio do evangelho.

Suzana tem ministrado aulas evangelísticas em uma escola Sul-africana em parceria com o Seminário Palavra da Vida, além de aulas em português duas vezes por semana, em uma escola para filhos de missionários. É também responsável pela elaboração do currículo pedagógico da escola que está sendo organizada.

Tiago e Suzana são pais de Samuel 5 anos e Timóteo 1 ano. Oremos pelos desafios compartilhados, especialmente por uma realidade que tem afetado muitos missionários, a perda de mantenedores. Esta é também uma realidade para o casal em Moçambique.


Texto: missionários
Edição: Edna Ramos
Diagramação: Paulo Ribeiro