História

Voltar à página inicial

A missão OC International foi criada no início da década de 1950. Nasceu e se desenvolveu como resultado de uma profunda convicção de que milhões de pessoas estão perdidas e que no plano de Deus, todos os seguidores de Jesus devem estar envolvidos em entregar a mensagem de vida eterna para toda humanidade.

O Comunismo Internacional tinha completado sua maior conquista ao dominar o povo chinês. Madame Chiang Kai-shek, esposa do General Chiang Kai-shek, Presidente da China Livre, pediu que alguém viesse para Taiwan para pregar para as forças armadas derrotadas. Em resposta, a Mocidade para Cristo mandou uma equipe de três homens: Dick Hillis, Uri Chandler e Ellsworth Culver. Milhares de homens responderam positivamente ao Evangelho e foram imediatamente matriculados em um curso bíblico por correspondência.

Em novembro de 1950, um pouco antes dos 3 missionários deixarem Taiwan, a equipe conversou com Dr. James Dickson, um veterano missionário presbiteriano naquela ilha. Dr. Dickson pediu a eles que voltassem a Taiwan para ajudar a treinar aqueles milhares de convertidos para que eles pudessem alcançar os milhões de não salvos ao redor deles.

Foi este pedido que provocou o nascimento de uma missão formada por dedicados homens e mulheres que se consagraram ao Corpo de Cristo como “servos por causa de Jesus” (2 Co 4.5). Servir tornou-se a filosofia de ministério da nova missão. Em 1951, nosso fundador, Dick Hillis, com Norm Cook, Ellsworth Culver e suas famílias formaram a primeira equipe da OC, residente em Taiwan.

Nesta época OC significava Overseas Crusades. Depois, a sigla OC passou a significar One Challenge. Seguindo a mesma filosofia, a Sepal, quando foi organizada no Brasil, significava Serviço de Evangelização para a América Latina e passou para Servindo aos Pastores e Líderes. Hoje a Sepal faz parte da Aliança Global OC, que reúne todos os centros de mobilização missionária ao redor do mundo, todos com a mesma visão, missão e valores.