“Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo.” (Romanos 15.13)

Paulo não enfrentava uma pandemia quando escreveu este versículo aos Romanos, porém sabemos que as doenças de sua época matavam muitos. Ele mesmo enfrentou situações mais difíceis que a grande maioria de nós, além de uma espécie de quarentena na própria Roma, no final de seu ministério em prisão domiciliar. Impedido de sair de casa  e sem as vantagens tecnológicas de nossos dias,  suas palavras carregam autoridade apostólica e compreensão do que é “transbordar de esperança” (Bruno Granja Vila Nova)

Fora da China, a Tailândia foi o primeiro país a diagnosticar pessoas com a Covid-19. No início, os números pareciam sob controle, mas, rapidamente, assim como no Brasil, a quantidade de infectados cresceu e tem permanecido assim. Esse aumento de casos coincidiu justamente com a chegada da família Granja Vila Nova à sua nova cidade de trabalho, Nakhon Si Thammarat.

A necessidade de iniciar o isolamento o mais rápido possível era um grande desafio. Os missionários ainda precisavam procurar um local para morar e este é um processo que geralmente dura vários dias. Com a ajuda de amigos, Bruno e Ana Cecília encontraram uma casa muito próxima à comunidade em que pretendem servir, mas que, infelizmente, estava acima do orçamento. Pela graça de Deus, a proprietária reduziu o valor e, ainda na primeira semana de busca, os missionários se mudaram. Em quarentena, o casal e as crianças transformam, aos poucos, o espaço no lar da família.  Os vizinhos têm sido receptivos e amáveis.

São muitos os motivos de gratidão, ao menos dois merecem destaque. Primeiramente, no mês de janeiro, mesmo diante da instabilidade da situação mundial, que tem levado muitas pessoas a regressarem aos seus países de origem, os missionários conseguiram a renovação de seus vistos. Um excelente motivo para glorificarmos a Deus. Além disso, antes da mudança, Bruno e Ana Cecília concluíram o Nível 1 da língua tailandesa. Em breve, o casal iniciará o Nível 2.

Atualmente a área financeira é um desafio para a família Granja Vila Nova. A queda no número de mantenedores, e mesmo com alguns novos que surgiram, a alta do dólar afeta diretamente o planejamento financeiro dos missionários que atuam fora do Brasil.

Oremos para que o Senhor supra todas as necessidades e levante mais colaboradores! E que não falte aos missionários discernimento, sabedoria e esperança diante desse momento de transição e da complicada situação de pandemia.

“Que o Deus da esperança os encha de toda alegria e paz, por sua confiança nele, para que vocês transbordem de esperança, pelo poder do Espírito Santo.” ( Romanos 15.13)

Agradecimentos

– Bom tempo que os missionários tiveram enquanto moravam em Lopburi;
– Saúde;
– Proteção de Deus aos familiares que estão no Brasil;
– Apoio da igreja brasileira.

Pedidos de oração

– Ser canal de bênção em meio à atual pandemia;
– Ser vizinhos piedosos;
– Um probleminha na pele da Raquel que está difícil de tratar;
– Mais cristãos piedosos na Tailândia;
– Sustento dos missionários internacionais em meio à atual crise econômica.