Gostei demais do tema proposto: Espiritualidade bíblica para uma igreja transformadora. O anseio de sermos fiéis ao Senhor, servindo à nossa geração da forma como o Senhor deseja. É Ele que define essa relevância, não é o nosso entorno que define relevância, mas é a fidelidade ao Senhor, à sua palavra que define o que é relevante para o nosso contexto.” Ziel Machado

Conflito de percepção da Igreja

Ziel começa sua exposição nos dando o pano de fundo da Igreja 60 anos após a morte dos Senhor. Onde vemos que parte da igreja de Cristo está mais parecida ao seu entorno do que ao seu Senhor. Há um conflito de percepção, da maneira como a igreja se vê e a maneira como o Espírito vê a igreja. O período é por volta do ano noventa, no texto de Apocalipse onde fica evidente esse conflito de percepção. A percepção que a igreja tem de si, não corresponde à percepção que o Espírito tem da igreja. Com excessão de duas igrejas, cinco igrejas são advertidas. Porque elas se parecem mais ao seu entorno do que ao seu Senhor. Isso aconteceu naquela época e continua acontecendo hoje. Essa autopercepção da igreja difere da percepção de Cristo e isso afeta a forma como ela pratica sua obediência missionária. Os primeiros três capítulos de apocalipse revelam que toda a falha no altar implica numa falha na vida.

Numa forma simples de resumir o esboço do livro de apocalipse, vemos nos primeiros três capítulos de apocalipse, o Senhor fala às suas igrejas das cidades. Do capítulo 4 ao 19, o Senhor julga a cidade. Do 20 ao 22 o Senhor redime a cidade.

A igreja precisa renovar sua perspectiva de Cristo

E a igreja vive nessa tensão, nessa expectativa. Nós vivemos nessa realidade entre o túmulo vazio e o trono ocupado. Essa é a grande esperança e confiança da Igreja. Do que o Senhor venceu, o túmulo está vazio, mas o trono da história não está desocupado. Deus ocupa esse trono e de lá governa essa história.

Se faz necessário que essa igreja tenha uma perspectiva renovada de Cristo, para que essa persepctiva renovada leve a uma obediência renovada. Um impacto que transforme da maneira adequada, ou seja, é necessário uma renovação cristológica dessa igreja para que ela tenha uma renovação missiológica. E necessário uma renovação cristológica dessa igreja para que ela tenha uma renovação eclesiológica. Assim, a renovação da igreja é precedida por uma perspectiva renovada do seu Senhor. Porque com o passar do tempo, nos habituamos a padrões, costumes, principios e valores do nosso entorno. E muitas vezes acontece conosco o que aconteceu no apocalipse. Onde a sua forma de se ver, não correspondia à forma como o Senhor a via. E o Senhor tem que ir a cada igreja dizendo no que ela está bem e no que está mal.

Se dependermos somente de nossa percepção, vamos nos equivocar. E quanto falhamos no altar, falhamos também na vida.

Assista o vídeo ou ouça o podcast completo dessa mensagem, clicando abaixo.

Siga a Sepal

Yotube: Missão Sepal
Facebook: facebook.com/MissaoSepal
Instagram: instagram.com/missaosepal
Twitter: twitter.com/Missao_Sepal
Inscreva-se com desconto no Encontro Sepal 2020 – de 12 a 15 de maio

Duração: 52 minutos


Podcast: Reproduzir em uma nova janela | Baixar